Muitas pessoas com necessidades especiais, incluindo aquelas com autismo, têm dificuldade com comunicação expressiva e receptiva. Para pais e profissionais, pode ser confuso selecionar qual abordagem usar e decidir em que trabalhar primeiro. Se o indivíduo não é verbal, as equipes frequentemente se perguntam, nós gastamos tempo incentivando a fala e, em caso afirmativo, por quanto tempo? Devemos, ao invés disso, buscar sistemas de comunicação alternativa / aumentativa (CAA)? Em quais habilidades específicas devemos nos concentrar, o que fará uma diferença real para o aluno?

A pirâmide pode ajudar a responder a essas perguntas. Além do Sistema de Comunicação por Troca de Figuras (PECS) baseado em evidências, oferecemos uma variedade de workshops e suporte no local com foco no ensino de habilidades de comunicação críticas que podem ser implementadas, independentemente da modalidade usada pelo aluno. Incorporar as habilidades de comunicação nas atividades diárias é de extrema importância e os métodos práticos de fazer isso acontecer são incorporados em todos os nossos serviços.

Fluxograma do PECS

Cursos de Comunicação Disponíveis: